1 a 4 anos

Dicas

Vacinação em crianças de 1 a 4 anos


Vacinação em crianças de 1 a 4 anos

As vacinas dessa faixa etária são em sua maioria reforços das aplicadas no primeiro ano de vida. Entretanto algumas serão aplicadas pela primeira vez neste período, como a vacina da varicela (catapora), hepatite A e tríplice viral.

As vacinas são as seguintes:

1 – Pneumocócica conjugada – é a vacina que foi implementada mais atualmente no calendário vacinal. Ela é realizada com 2 meses, 4 meses, 6 meses e 12-15 meses. Ela previne contra um tipo de bactéria muito comum, pneumococo que pode causar inúmeras doenças dentre as principais pneumonia, meningite e infecção generalizada. Existem inúmeros subtipos de pneumococo, a vacina disponível nos postos de saúde é a pneumococo 10 valente, ou seja previne contra 10 subtipos. Em âmbito particular, existe a 13 valente.

2 – Meningocócica C conjugada – Também foi implementada no calendário vacinal brasileiro em 2010 . Previne contra a bactéria meningococo, que tem como principal manifestação através da meningite meningocócica. A vacina é realizada com 3 e 5 meses, e mais uma dose de reforço aos 15-18 meses e aos 6 anos. Ela está disponível tanto na rede pública quanto privada.

3 – Gripe (influenza) – É realizada para prevenção da gripe. É realizada com 6 meses e 7 meses. Após isso deverá ser dada uma dose de reforço anual entre abril-maio antes do período de inverno. Nos postos de saúde é disponível para todas as crianças entre 6 meses e 2 anos.

4 – Hepatite A – É realizada com 12 meses com uma dose de reforço aos 18 meses. Previne contra a hepatite A que é uma forma de hepatite aguda cuja principal via de transmissão é principalmente fecal-oral (contato de material contaminado com fezes com a boca). Esse tipo de transmissão pode ocorrer entre pessoas, através de água ou de alimentos contaminados. Não é realizado na rede pública apenas na rede particular. Pode ser realizada em crianças que tiveram contato com outras crianças com hepatite como forma de prevenção.

5 – Tríplice viral – É realizada com 12 meses com uma dose de reforço com 2-4 anos. Previne contra caxumba, rubeóla e sarampo. Ela foi implementado primeiramente no calendário brasileiro como apenas proteção para sarampo em torno de 30 anos atrás, sendo adicionado as duas novas doenças em torno de 20 anos. Por este motivos ainda existe campanha de vacinação contra rubeola para a população feminina não vacinada.

6 – Varicela (mais conhecida como “catapora”) – é realizada com 12 meses de vida com uma dose de reforço aos 2-4 anos de vida. Previne contra a doença que tem seu nome, que na maioria das vezes apresenta carater benigno porém atualmente ve-se aumentar suas complicações. A “catapora” é mais grave em menores de 6 meses, adultos e crianças que apresentam imunidade baixa. O adulto que não apresentou a doença também deve ser vacinada principalmente ser for pai ou parente próximo. A vacina não está disponível na rede pública apenas na rede particular.

 

LOGO 2 PEDCAST

Você conhece o Pedcast? Toda semana um tema importante do universo da pediatria, com a Dra. Thatiane Mahet. Acompanhe os episódios lançados até o momento: http://bit.ly/pedcastbrasil


Autor: Thatiane Mahet